PJM 2018

título da imagem

Sugestões

Bandas de Música na História da Música em Portugal

Autor: André Granjo (autor do comentário)

01 set 2018

Última atualização: 25 set 2018


No contexto das comemorações do Dia Nacional das Bandas Filarmónicas, sugerimos um livro lançado Setembro do passado ano de 2017, pelo militar e investigador Pedro Marquês de Sousa. Com prefácio de André Granjo e abertura de Jorge Costa Pinto, este é um livro que vem alertar para o contributo das bandas filarmónicas para a história da música em Portugal. Trata-se de um levantamento histórico do surgimento destas associações no nosso país, que aborda ainda questões como a organologia das mesmas, o reportório que por elas circulou, os compositores que escreveram para estes agrupamentos e a mudança para o séc. XXI e a atualidade.

 

Biografa do autor:

Pedro Marquês de Sousa é Tenente Coronel do Exército, professor na Academia Militar e no Instituto Universitário Militar. É Doutor em Ciências Musicais pela Universidade Nova de Lisboa e Mestre em História pela Universidade de Lisboa e licencidado pela Academia militar É ainda investigador do CESEM (Centro de Estudos em Sociologia e Estética Musical) da FCSH (Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa) e integra a equipa de investigadores do projeto "A nossa música, o nosso mundo: bandas filarmónicas, associações musicais e comunidades locais (1880-2018)", levado a cabo pelo INET-md (Instituto de Etnomusicologia - Centro de Estudos em Música e Dança) da Universidade de Aveiro, coordenado pela professora Rosário Pestana e financiado pela FCT e programa Compete2020. É autor de diversos livros e artigos sobre história da música militar dos quais se destaca História da Música Militar Portuguesa (2008). A sua tese tem como tema as bandas civis e militares entre a Regeneração e a República (1850-1910).

André Granjo (autor do comentário)


"Mais do que uma obra acabada este volume deve ser olhado como um caderno de apontamentos de um investgador....Obras desta natureza, com informação histórica concreta sobre bandas amadoras e militares, o seu repertório, a sua transformação, etc. são muito raras, tão raras que a última que se conhece sobre a realidade portuguesa remonta a 1946." André Granjo (2017)
título da imagem
  • título da imagem
Anterior | Seguinte Voltar
Publicidade
título da imagem
título da imagem
título da imagem
título da imagem
título da imagem
Edições Convite à Música
título da imagem
título da imagem
Con Música
Frederico Fernandes
título da imagem
título da imagem
título da imagem
título da imagem
Companhia dos Vinhos do Douro
título da imagem
ava
Mário Jorge Silva