PJM 2018

título da imagem

Sugestões

O Doido e a Morte de Alexandre Delgado

Autor: Carlos Pontes de Leça, Colóquio-Artes n.º 104, Janeiro-Março de 1995

25 nov 2018


O Doido e a Morte

ópera composta por Alexandre Delgado sobre textos de Raul Brandão.

Carlos Guilherme, tenor
Luís Rodrigues, barítono
Susana Teixeira, soprano
Miguel Martins, actor

Solistas da Orquestra Sinfónica Portuguesa

Turbilhão
sobre poema de Mário de Sá-Carneiro

Álvaro Malta, barítono
Quarteto Portugália

 

Data de lançamento: novembro de 2018

Editora: mpmp

             colecção melographia portugueza, n.º 18

 

Comprar aqui.

Carlos Pontes de Leça, Colóquio-Artes n.º 104, Janeiro-Março de 1995


A farsa homónima de Raul Brandão foi posta em música com particular brilho e sentido de humor. Alexandre Delgado prova, além disso, que a língua portuguesa não é assim tão imprópria para o consumo operático como é habitual dizer-se. E, com esta sua primeira incursão no género, prometeu ter capacidade para vir a ser o melhor compositor português de ópera depois (e a par) do seu mestre Joly Braga Santos.
alexandre delgado
  • alexandre delgado
Seguinte Voltar
Publicidade
título da imagem
título da imagem
título da imagem
título da imagem
título da imagem
título da imagem
Edições Convite à Música
título da imagem
título da imagem
Con Música
Frederico Fernandes
título da imagem
título da imagem
título da imagem
título da imagem
Companhia dos Vinhos do Douro
título da imagem
ava
Mário Jorge Silva